Que negócio montar

Que-negocio-montarQue negócio montar 

Atualmente estamos vivendo um período ruim no Brasil, a crise atingiu todos os estados e a coisa não está boa para ninguém. Para quem esta sentindo a crise na pele e tem perfil empreendedor, veja aqui o post sobre perfil do empreendedor, a pergunta que vem à cabeça é: que negócio montar em momentos de crise?

Se você está ansioso ou angustiado com este momento que estamos passando, fique tranquilo, existe uma luz no fim do túnel e nem tudo é tão ruim assim. Se você não sabe, foram justamente em momentos ruins como crises e guerras que as grandes ideias e soluções vieram e hoje fazem parte do nosso cotidiano. Vou lhe dar alguns exemplos. O GPS foi inventado na Segunda Guerra Mundial. O forno micro-ondas foi inventando no início da guerra fria em 1945. O zíper foi inventado na Primeira Guerra Mundial para facilitar a utilização dos uniformes pelos militares.

Outros Exemplos

Quer outro exemplo que está incorporado em nossas vidas e foi criado em momentos de crise? O horário de verão. Por causa do período de escassez que veio com a guerra, a Alemanha ordenou que os relógios fossem adiantados em uma hora para economizar carvão e essa ideia foi adotada por diversos países.

O primeiro computador do mundo, conhecido como ENIAC ficou pronto em 1946, durante a Guerra Fria. A Internet, que está possibilitando você ler este artigo, foi desenvolvida por militares durante a Guerra Fria e era chamada na época de ARPANET, em alusão à agencia militar que criou este meio de comunicação.

O que quero dizer é que você está num contexto histórico propício a novas ideias, mudanças, desafios e é importante que você continue trabalhando, ganhando dinheiro e fazendo o que você gosta.

Bom, vou tentar resumir quais são os conceitos de negócios que existem para que você possa compreender melhor o assunto e assim tomar a melhor decisão quanto que negócio montar e também ser um empreendedor. Também fiz um post Como abrir um negócio com pouco dinheiro que será de grande ajuda na sua missão como empreendedor.

Negócio tradicional

O negócio tradicional que me refiro é aquele criado e desenvolvido por você mesmo com venda de produtos ou serviços. Para facilitar sua compreensão vou dar o exemplo de um supermercado. Existe um ponto comercial (50 a 500m² a depender do porte do seu negócio), existe também a venda de produtos, os clientes vão até seu mercado adquirir seus produtos. Existe também a reposição de mercadorias.

Essa mesma configuração existe para farmácias, padarias, açougues, peixarias, etc…ou seja, existe um produto físico para ser vendido (remédios, pães, carnes, peixes).

Você também pode vender produtos sem necessariamente ter um ponto comercial, que é o caso de venda porta a porta de perfumes, calçados, etc. No post Como abrir um negócio com pouco dinheiro conto a história do fundador da Avon, uma das maiores empresas de venda diretas de cosméticos do mundo com receita anual de 10,2 bilhões de dólares!

No entanto, se você for dono de um Salão de Beleza, não existem produtos para vender e sim serviços para prestar. O mesmo pensamento vale para manutenção de notebooks, decorador de casas, jardineiro, pintor, designer gráfico, ou seja, o que está à venda é seu conhecimento e capacidade de realizar algo para alguém que tenha interesse (cliente) e não um produto propriamente dito.

Franquias

As franquias são modelos de negócios que vem pronto para você implementar. Você não precisa criar sua logomarca, pensar no lay-out de sua loja, padrão de fardas e etc. Quando se adquire uma franquia, o empreendedor só tem que pensar em trazer cliente para loja.

De acordo com o SEBRAE, dentre as vantagens de se empreender com franquias, estão:

  • Iniciar um negócio contando com a credibilidade de um nome ou marca já conhecida no mercado;
  • Contar com o apoio do franqueador;
  • Existência de um plano de negócio;
  • Maior garantia de mercado;
  • Melhor planejamento dos custos de instalação;
  • Economia de escala;
  • Independência jurídica e financeira;
  • Possibilidade de pesquisa e desenvolvimento

Que-negocio-montar-2

 

Se você se perguntar: que negócio montar e sua resposta for “vou abrir uma franquia!!”, a recomendação que dou é de analisar a credibilidade da empresa, as formas de divulgação, o payback (tempo de retorno do dinheiro investido), taxa de franquia e os royalties pagos ao franqueador.

 Negócios on line

Negócios on line nada mais são do que a venda de produtos e serviços utilizando a internet. Você pode vender roupas, bijuterias, sapatos, enfim, grande parte dos produtos que é vendido em lojas físicas é possível vender em lojas virtuais.

O Pequenas Empresas Grandes Negócios fez uma matéria sobre Negócios on line apresentando resultados de pessoas que trabalham exclusivamente com vendas pela internet. Veja a matéria a seguir.

Neste mesmo modelo de negócio com vendas on line existem também produtos que não são físicos, ou seja, diferentes daqueles que citamos logo acima. São chamados infoprodutos ou produtos digitais que são “consumidos” por meio de um computador, notebook, tablet ou celular. O empreendedorismo digital é um modelo de negócio onde uma pessoa (empreendedor digital) oferece um produto/serviço diferenciado através de um meio digital e assim obter lucro.

 

Que-negocio-montar-3-1

Cursos profissionalizantes EAD, E-books, Video-aulas são tipos de infoprodutos mais consumidos pela população. O motivo é bastante claro: ter conhecimento específico com cursos de alta qualidade para ser realizado em sua própria casa, realmente é muito bom, não é verdade?

Vou dar alguns exemplos de cursos profissionalizantes que ensinam a montar seu próprio negócio e até alavancar suas vendas, otimizar seus custos, melhorar seu desempenho como empreendedor.

Profissionais da Beleza:

Curso de Maquiagem Profissional 

Curso de Estética e Depilação

Curso Expert em Salão de Beleza 

Profissionais de vendas

Vendas de Produtos de Marca

Gastronomia

Fábrica de Cupcakes 

 

Resumo: que negócio montar

Tradicional: o negócio é pensado, planejado, implementado, desenvolvido e ampliado por você mesmo. Todos os custos e rendimentos são de sua responsabilidade.

Franquias: o negócio é pensado, planejado pelo franqueador. A implementação e desenvolvimento e os custos associados são de sua responsabilidade. Os lucros e rendimentos são divididos com o franqueador.

On line: a venda de produtos físicos ou digitais é realizado através da internet.

Veja também: Como abrir um negócio com pouco dinheiro

 

Fontes:

https://pt.wikipedia.org/wiki/ARPANET

https://pt.wikipedia.org/wiki/ENIAC

http://www.sebrae.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *